Mesmo sem caráter competitivo, o Curta kinoforum - Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo conta, anualmente, com seu público para selecionar seus curtas favoritos dentre a programação. Baseados nessa escolha, nossos parceiros e patrocinadores oferecem uma ampla gama de incentivos, troféus e prêmios.

 

A produção dos alunos de audiovisual recebe distinção especial com o Prêmio Revelação. Um júri indicado por empresas parceiras escolhe uma obra, entre os filmes exibidos na seção Cinema em Curso e na Mostra Brasil 9 para receber uma série de incentivos para o próximo trabalho do diretor.

 

A cada ano, novos prêmios são oferecidos para as diferentes seções do Festival.

Os dez filmes internacionais mais votados pelo público, em ordem alfabética, foram os seguintes:

Auf der Strecke, de Reto Caffi – Alemanha / Suíça
Cunaro, de Alexandra Henao – Venezuela
Dernier Voyage, de Pierre Duculot - Bélgica
El empleo, de Santiago 'Bou' Grasso - Argentina
I am Bob, de Donald Rice - Inglaterra
La deuxième vie du sucrier, de Didier Canaux – França
Love you more, de Sam Taylor-Wood - Inglaterra
Moj Brat, de Jan Wagner - Polônia
Sagan om den lille dockpojken, de Johannes Nyholm - Suécia
Tout Est Bom dans le cochon, de Emma Perret - França


Também em ordem alfabética, estes são os curtas brasileiros eleitos pela audiência:


Animadores
, de Alan Sieber - RJ
Blackout, de Daniel Rezende - SP
Café com Leite, de Daniel Ribeiro - SP
Dia de Visita, de André Luís da Cunha  - DF
Dossiê Rê Bordosa, de Cesar Cabral - SP
Espalhadas pelo Ar, de Vera Egito - SP
O Som e o Resto, de André Lavaquial - RJ
Os Filmes que Não Fiz, de Gilberto Scarpa - MG
Os Sapatos de Aristeu, de René Guerra - SP
Prîara Jõ. Depois do ovo, a guerra, de Komoi Panará – PE


- O Prêmio Revelação - voltado para a renovação de talentos provenientes de escolas e cursos de cinema no país – é resultado da parceria entre uma série de empresas atuantes no setor audiovisual e se constitui em reconhecimento a um jovem autor e, ao mesmo tempo, uma contribuição significativa na viabilização de seu próximo projeto. Nele o vencedor recebe da Teleimage (Transfer Tape to Film de um curta de até 15 minutos); Quanta (R$ 8.000,00 (oito mil reais) em locação de equipamento de luz e maquinaria); Módulos (5 –cinco- diárias de locação de câmera HVX – 200, completo); Estúdios Mega (Mixagem 5.1, Edição de som, Print máster); Fuji (Cinco (5) latas de negativo para transfer); Dolby (Licença Dolby para curta-metragem); CTAV (Apoio técnico na realização do curta-metragem através da cessão de equipamentos e serviços)


O júri, indicado pelas empresas parceiras que oferecem o prêmio, foi formado pelos críticos Cesar Zamberlan, Rafael Barion e pelo jornalista Eduardo Ribeiro. O vencedor foi o curta-metragem Os Sapatos de Aristeu, de René Guerra.


- O Prêmio de Aquisição Canal Brasil de Incentivo ao Curta-Metragem contemplou um filme brasileiro (escolhido pelo Canal Brasil entre os mais votados pelo público na Mostra Brasil) com dez mil reais. O vencedor foi Os Filmes que Não Fiz, de Gilberto Scarpa.


- Os filmes da seção Panorama Paulista foram analisados por um júri formado por profissionais da TV Cultura, que escolheu três títulos para receber o prêmio TV Cultura de Curta-Metragem, no valor de três mil reais cada. Os vencedores são  - Osmar, a primeira fatia do pão de forma de Alê MacHaddo (SP);  A passageira do trem das onze de Rogério Nunes (SP) e  Relicário de Rafael Gomes (SP)


- O Prêmio Aquisição do SESC TV de melhor diretor estreante, destinado a um filme exibido na seção Mostra Brasil e escolhido por um júri nomeado pelo SESC TV. O contemplado, que recebeu cinco mil reais, foi Menino Aranha - Mariana Lacerda (SP/PE)


- E ainda dois filmes da seção KinoOikos Formação do Olhar receberam das mãos do mesmo júri o valor de dois mil e quinhentos reais, são eles:  A Cidade de Plástico,  Liliane Sena (BA) e Priara Jô, Depois do Ovo, A Guerra,  Komoi Panará - Vídeo nas Aldeias (PE)


- A premiação Skyy concedeu um prêmio de U$ 500,00 (quinhentos dólares) para o filme escolhido por um júri nomeado pela Skyy, dentro do programa especial “Kino Lounge” para veiculação associada à empresa, por um ano, sem exclusividade, que foi Amor Líquido, de Bruno Scalzo


- E mais dois (2) prêmios de U$ 1.000,00 (mil dólares) para dois filmes, sendo um da mostra Latino-americana e outro do Panorama Internacional, segundo escolha do júri nomeado pela Skyy, a partir dos mais votados do público. O curta da Mostra Latina foi Ouço o Seu Grito, de Pablo Lamar e da Mostra Internacional Eu Sou Bob, de Donald Rice


- Selecionados entre os que se destacaram na votação do público, da Mostra Brasil, quatro filmes receberam o Prêmio Espaço Unibanco de Cinema no valor de R$ 1.000,00 cada para exibição em circuito comercial. São eles Dia de Visita de André Luis da Cunha; Dossiê Rê Bordosa de Cesar Cabral e Os Filmes que Não Fiz de Gilberto Sacarpa


- Espaço pioneiro para o curta-metragem brasileiro na internet, o Porta Curtas Petrobras premiou com mil reais três curtas das mostras Brasil e Panorama Paulista, escolhidos a partir dos mais votados do público Emprego Temporário, de Leonardo Esteves, Dez Elefantes, de Eva Randolph e Casa de Máquinas, de Daniel Herthel e Maria Leite


-Prêmio MovieMobz Seleção de até 4 (quatro) curtas, através de votação online do público, exibidos na Mostra Brasil e no Panorama Paulista para compor um programa de no máximo 90 minutos, para  serem distribuídos posteriormente em circuito digital pela MovieMobz. Os ganhadores são Café com Leite, de Daniel Ribeiro, Cigano, de Eduardo Mattos, Depois das Nove, de Allan Ribeiro e EletroTorpe, de Nalu Béco e Yuri Amaral.


- Ctav Prêmio - Uma cópia legendada para o filme Dossiê Rê Bordosa, de Cesar Cabral selecionado entre os preferidos do público do Panorama Brasil.


- Prêmio Brazucah selecionou o curta Espalhadas Pelo Ar, de Vera Egito, que foi  contemplado com um prêmio de R$ 1.000,00 (mil reais). A seleção foi feita pelo júri Brazucah dentro da Mostra Brasil para exibição no circuito de universidades participantes da Rede Brazucah em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Recife.
 
- Curta o Curta premiou dois trabalhos da seção “KinoOikos Formação do Olhar ”, para concessão de um pacote de distribuição com inscrição em festivais nacionais, segundo escolha de um júri nomeado pela distribuidora Curta o Curta. São eles: Pão Com Mortadela e Meia Mussarela, de Natalia Ferretti, das Oficinas Tela Brasil, de São Paulo e Uma Mãe Como  Eu, de Luiz Carlos Nascimento, do Cinema Nosso, Rio de Janeiro.
 
Troféus


- A ABD ofereceu este ano dupla premiação: um troféu foi oferecido ao curta de maior destaque na mostra latino-americana; outro para o curta de maior destaque nas seções Mostra Brasil. O vencedor latino-americano foi o Chibumbé, de Antônio Coelho e menção honrosa para O Emprego, de Santiago “Bou”Grasso. O Prêmio ABD para curta nacional foi para Booker Pitman, de Rodrigo Grota e menção honrosa para Os Filmes Que Não Fiz, de Gilberto acarpa


- O Troféu Coelho de Prata / Prêmio Mix Brasil, oferecido ao curta de maior destaque na temática da diversidade sexual, segundo a equipe Mix Brasil, foi Eu Sou Gay, de Nicolas Kolovos


- Iniciativa que une exibição cinematográfica e ambiente de festa, o Cachaça Cinema Clube é evento de sucesso no Rio de Janeiro e selecionou três curtas brasileiros, que serão exibidos em um programa especial no Cine Odeon BR: Terra, de Savio Leite, Ocidente, de Leonardo Sette e O Dia Em Que Não Matei Bertrand, de Luiza Carlos Oliveira Jr e Ives Rosenfeld.


Patrocínio: Petrobras
Organização: Associação Cultural Kinoforum 
Direção: Zita Carvalhosa

 

Programe-se

O 20° Curta Kinoforum - Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo acontecerá de 20 a 28 de agosto de 2009.

> Entrar

Crítica Curta

Visite o Blog do Kinoforum Crítica Curta 2008.

> Sobre o Blog

Seus Comentários

Sua participação é muito importante para nós. Deixe aqui seus comentários sobre o festival, filmes, site...

> Comente

Deixe aqui seu
e-mail e receba nossas novidades