Totalmente gratuito, Festival de Curtas de São Paulo completa 21 anos

Planeta Tela, 02/09/2010

- [ link na web ]

Um convite para conhecer o novo! Essa é a principal mensagem do 21º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, que acontece de 19 a 27 de Agosto. São nove salas exibindo programação gratuita com produções vindas dos quatro cantos do planeta, num amplo painel com mais de 400 filmes. O Brasil é um dos maiores produtores mundiais dessas obras, o que provocou uma iniciativa inédita: a realização do primeiro seminário para refletir sobre Curta & Mercado, nos dias, 23, 24 e 25 de agosto na Cinemateca Brasileira. O Festival, que completa 21 edições, além de abrir espaço de discussão, preparou uma programação madura e reveladora. Conteúdo capaz de atualizar toda e qualquer pessoa sobre idéias, acontecimentos e revelações do mundo afora. Cardápio vasto para quem entende a linguagem cinematográfica como selo animado de seu tempo. Entre, sirva-se, colecione. Mostra Brasil - total de 54 filmes produzidos em 14 estados. O público poderá assistir o mais recente trabalho do premiado Kléber Mendonça Filho, Recife Frio, que nos mostra a tropical Recife abaixo de neve; a estréia de Magnífica Desolação, de Fernando Coimbra, mesmo diretor do premiado Trópico das Cabras, e ainda os celebrados Bailão, de Marcelo Caetano, sobre o tradicional baile gay que perdura no centro de São Paulo há mais de três décadas e Não Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, que arrebatou quase todos os prêmios do Festival de Paulínia, entre outros. Ampliando o acesso do público ao curta-metragem, as sessões da Mostra Brasil durante o final de semana - dias 20, 21 e 22 de agosto - terão áudio-descrição, para deficientes auditivos, no CineSESC. Panorama Paulista - 30 curtas divididos em cinco programas, 15 são inéditos e que concentram a produção do Estado. Destaques: Naiá e a Lua, de Leandro Tadashi, sobre uma índia que se apaixona pela lua e Estação, de Marcia Faria, o filme que conta com Carol Abras no elenco e esteve na seleção oficial do Festival de Cannes. Cinema em Curso traz o resultado da produção universitária, realizada ainda no período de formação acadêmica. Os realizadores participam do evento Cinema em Curso em Debate - que acontece na Cinemateca Brasileira, dia 23 de agosto, com a presença de realizadores e estudantes para discutir sobre as produções. Todos os filmes desta mostra concorrem ao Prêmio Revelação, oferecido por empresas parceiras - Estudios Quanta, Megacolor, Estúdios Mega, Fuji Filmes, JKL, Dolby, PlayRK 30 - que viabilizam o próximo curta do diretor. Mostra KinoOikos Formação do Olhar reúne 38 curtas, em cinco programas, de 13 estados, realizados em oficinas audiovisuais, pontos de cultura e produções populares de diferentes instâncias de atuação social. Curta & Mercado - Seminário de Comercialização de Conteúdos Audiovisuais de Curta Duração, de 23 a 25 de agosto, das 10h às 18h, na Cinemateca Brasileira. Organizado pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura, ABD Nacional e Associação Cultural Kinoforum, a programação do Seminário discute a viabilidade comercial de conteúdos audiovisuais de curta-duração, propõe aprofundar o entendimento sobre os formatos mais adequados à sua comercialização e trata dos modelos de negócio que possam tornar a produção brasileira acessível ao público nas múltiplas janelas existentes atualmente — das salas de cinema e emissoras de televisão à tela do celular. Acesso ao conteúdo www.kinoforum.org/curtaemercado. Programa Multiplicidade - criação de artistas de diferentes áreas que utilizam a linguagem das artes plásticas, grafites, vídeo arte para criar seus trabalhos utilizando o cinema. O programa é dividido em três mostras: Documentários Animados – documentários com linguagem de animação sobre historias reais ou ficcionais, destaque: Tussilago, de Jonas Odel; Imagens Narrativas – Curtas sem Diálogos, destaque Travelling Fields, de Inger Lise Hansen; Arte na Tela – cujos filmes foram garimpados do acervo de filmes inscritos no Festival nos últimos 10 anos e que foram produzidos por artistas visuais, destaque para Mamãe fiz um super 8 nas calças, Carlos Zilios; e Retrato de Artista - documentários sobre diversos artistas visuais. Destaque: Áurea e P.W – Pincéis e Painéis (retrata o trabalho de Paulo Werneck), colaborador de Niemeyer e que introduziu os Mosaicos na arquitetura brasileira, criado pela cineasta brasileira radicada em Paris, Vivian Ostrowsky. Mostra Internacional - 30 países em 10 sessões. Composta por 71 filmes, aqui se desvenda uma sincera e aguda visão do mundo e de como esses produtores transmitem a alma desse mundo que sofre mudanças intensas. Vem da França o vencedor da Palma de Ouro em Cannes, a animação História de Cão, de Serge Avedikian. Mostra Latino-Americana - Por ser 2010 o ano do bicentenário da independência de várias nações da América em relação ao domínio espanhol o Festival traz uma programação especialíssima. Com destaque, o projeto do Instituto Mexicano de Cinematografia que recrutou reconhecidos diretores de animação do país para criar uma compilação de pequenas histórias baseadas em fatos relativos à Independência e também à Revolução Mexicana, que celebra seus 100 anos. Outra destaque é o programa Aires Argentinos. Completando 200 anos de República este programa traz sete produções de consagrados realizadores que começaram lá atrás com seus curtas e que participaram de diferentes concursos, entre eles o de Histórias Breves lançado pelo Instituto Nacional de Cine Y Artes Audiovisuales. Destaque para os curtas-metragens Toro Verde, de Laura Duran; Mostra Infantil – Filmes de vários países e a divertida Cabine de Dublagem, onde as crianças dublam trechos de filmes, criando novos diálogos. As vozes são inseridas e projetadas num espaço montado na Cinemateca Brasileira para que o público possa acompanhar os resultados. Mostra Juvenil é composta por filmes brasileiros, alemães, dinamarqueses, espanhóis, franceses e suíços, num total de 15 produções. Destaque para o mexicano Luzazul, de Oziris Luciano, premiado no Festival de Oberhausen (Alemanha) com o Prêmio Especial do Júri Jovem. Mostra Dark Side - um verdadeiro show de horrores. São filmes tarja-preta que trazem histórias que fadinha nenhuma tira da lembrança nem com varinha de condão, viram cinzas na sessão. Ambas. Destaque para Último Passageiro, de Ricardo Soto, sobre um estranho passageiro do metrô da cidade do México; e Ninja, de Dennison Ramalho, é um impressionante filme de suspense, que traz o ator Flávio Bauraqui em ótima interpretação. O diretor é um dos principais nomes do gênero de terror. Kinolounge – Este ano, o Festival selecionou para compor sua programação a performance Blake, uma improvisação de rimas e melodias a partir de uma interpretação livre da obra O Matrimônio do Céu e do Inferno, de William Blake, desenvolvido pelo músico Manuel Pessoa, a atriz/MC Roberta Estrela D’Alva e o fotógrafo Thomaz Klotzel. Fucking Different - Os cineastas em São Paulo desenvolveram seus projetos em uma oficina de roteiro ministrada por Marco Dutra e Daniela Capelatto durante o 16º Festival Mix Brasil de Cinema da Diversidade Sexual. São 12 episódios e 11 cineastas, nos quais mulheres abordam o universo gay e homens exploram o amor e sexualidade entre mulheres. Unidos na Paixão – cprojeto cuja proposta é convidar realizadores, estudantes, para fazer um curta, de cinco minutos, em qualquer formato, com o tema Torcer na Copa 2010. O projeto conta com a parceria e o apoio do Museu do Futebol. Os curtas selecionados serão exibidos no Centro Cultural São Paulo, no Cine Clube Grajaú e no auditório do museu durante o festival e integrados ao acervo do seu Centro de Referência. Entre os Noite de Kino aproxima o Festival das escolas audiovisuais de São Paulo propondo um desafio aos alunos, o de produzir um curta-metragem em 36 horas. Este ano participam USP; FAAP; UFSCAR; UNICAMP; PUC SAO PAULO; METODISTA; ANHEMBI MORUMBI; ESCOLA LIVRE DE CINEMA DE SANTO ANDRÉ; CENTRO UNIVERSITÀRIO SENAC E CASPER LÍBERO. Crítica Curta, uma oficina de crítica cinematográfica que reúne o jornalista e crítico Sérgio Rizzo e alunos de escolas de audiovisual e comunicação para refletir sobre os curtas brasileiros e latinos e editar um tablóide distribuído no encerramento do festival Linguagem [e] Técnica - Inédito. Neste programa, composto por duas sessões, quatro diretores de arte e de fotografia terão a oportunidade de apresentar seus trabalhos e abri-los para análise e discussão, num debate direcionado à relação entre a narrativa cinematográfica e suas ferramentas técnicas e criativas. Confirmados os diretores de fotografia Aloysio Raulino e Pedro Urano e os diretores de arte Marcos Pedroso e Mônica Palazzo. Mostra KinoOikos – Formação do Olhar - Desde 2002 o Festival abre espaço para mostrar o trabalho realizado nos projetos de atividades de inclusão sócio-cultural e produções de audiovisuais em coletivos, incluindo os resultados das Oficinas Kinoforum. Esta é o espaço de divulgação para essas produções que proporcionam, através do exercício audiovisual, o reconhecimento de um novo olhar para si e para o mundo – gerando novas formas de atuação. O Seminário KinoOikos propõe debates e reflexões sobre o movimento dos vídeos populares nos anos 70 e 80, o crescimento de projetos de exibição e sua relação com o cineclubismo. O evento ocorrerá nos dias 21 e 22/08, no Cine Olido. Mostra On Line - (www.kinooikos.com). O público assiste e vota em seus vídeos preferidos, pode fazer download para exibições sem fins lucrativos, apreciar os podcasts e o curso online. Também é nesta Mostra que, pelo segundo ano consecutivo, os resultados das Oficinas Kinoforum de Realização Audiovisual são exibidos. Neste ano, o projeto apresenta, em dois programas, os 16 vídeos produzidos através do Fundo Comgás de Patrocínio Sociocultural nas comunidades de Americanópolis, Pirituba, Butantã e Artur Alvim e os três novos vídeos realizados na Oficina Modulo II, em parceria com Centro Cultural São Paulo e que oferece um aperfeiçoamento técnico e artístico aos jovens participantes. Fazem também parte da programação as produções realizadas em parceria com o Itaú Cultural, nos projetos REC PLAY que integrou a exposição “Hélio Oiticica – O Museu é o Mundo”; e o Pólo Catraca. Festivais Internacionais presentes - Festival de Tampere, que comemorou 40 anos de existência, trará a produção de filmes recentes da Finlândia produzidos entre 2006 a 2009. A seleção mostra produções feitas de maneira tradicional a filmes experimentais, animações inovadoras e documentários tocantes, como os de Iris Ohlson, Between Dreams e Hanasaari A. Ambos premiados no Festival de Cinema de Tampere de 2009. E o Sapporo Short Fest, cujo objetivo principal é promover novos filmes e talentos japoneses no exterior, mas também apresentar ao mercado japonês diretores internacionais independentes em ascensão e produtoras de alta qualidade. Curtas e Boas - Para conhecer o jeito alemão de fazer curtas, via parceira com o Instituto Goethe, nessa mostra foram selecionadas 37 animações produzidas entre 2000 e 2007, com as mais variadas técnicas. Semana da Crítica cinco filmes foram selecionados e que representam o rompimento com as linhas geográficas e formais da produção cinematográfica. Destaque para o curta do australiano Ariel Kleiman, Mais Profundo do que Ontem, um mergulho no cotidiano da tripulação de um submarino russo. Cachaça Cinema Clube – seleção de curtas extremos, que pedem a sala escura e companhia de outros seres humanos. Muito mais divertido. É uma viagem com limites borrados entre poesia e política, doutrinação e epifania, grito e o silêncio. Curta o Sexo - Dentro da programação mantida entre a Cinemateca Brasileira e a Sociedade Brasileira de Psicanálise para celebrar os 100 anos da IPA (International Psychoanalyitical Association), fundada por Freud, o Festival apresenta a sessão análises psicanalíticas profundas. São cinco curtas-metragens paulistanos focados em aspectos da sexualidade nas mais diversas fases da vida; entre eles, uma ácida visão da sexualidade infantil, com o Caderno Rosa de Lori Lamby, de Sung Sfai, até o retrato singelo da libido na velhice em Ruídos de Passos, de Denise Gonçalves. Presenças confirmadas dos jornalistas Xico Sá e Luciana Saddi sob a mediação de Rita Andrea Alcantara de Mello, psicanalista. Eleição dos melhores - Os preferidos pelo público ganham sessão especial no Festival. Quando você imagina que tudo acabou, tem uma grata surpresa. No sábado e domingo, dias 28 e 28 de Agosto, às 18h e 20hs, na Matilha Cultural serão exibidos os dez mais da Mostra Brasil e do Panorama Paulista (sessões 1 e 2 de ambos), eleitos pelo público. A entrada é gratuita. Chegar meia hora antes do início das sessões. Patrocinadores - Apostando nos resultados positivos que a parceria Público-Privada vem proporcionando para diferentes setores da sociedade, a Associação Cultural Kinoforum tem o patrocínio da Petrobras para realização do evento. O evento é co-realizado pelo SESC-SP, Secretarias de Cultura do Estado e do Município de São Paulo e Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura; tem a colaboração dos institutos culturais estrangeiros; o apoio cultural da TV Cultura, Canal Brasil e Sesc-TV e o apoio sólido de empresas atuantes do setor audiovisual (Estudios Quanta, Teleimage, Megacolor, EstúdiosMega, Cinecolor, DOT, Alternativa, Studio Intro, Dolby, PlayRK 30, Auwe, TPK Express). E uma boa notícia é que o Festival de Curta acaba de conquistar mais um patrocinador para o evento em 2010 – Furnas - que garantirá a continuidade do projeto das Oficinas Kinoforum, nesse segundo semestre. A Associação Cultural Kinoforum é uma entidade sem fins lucrativos, que desenvolve atividades e projetos ligados ao setor audiovisual como o Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, as Oficinas Kinoforum e o kinolounge. A Kinoforum é Ponto de Cultura, edita o Guia de Festivais e mantém o site KinoOikos visando a promoção e democratização de projetos audiovisuais.


Na Imprensa


Entre em contato com a assessoria para receber o material para imprensa.




Na Imprensa


Assessoria de imprensa
Mara Ribeiro Comunicação

Atendimento à imprensa:
Mara Ribeiro
mararibe@terra.com.br
+ 55 11 3815.9307 / 9221.5211

Marcia Jansen (estagiária Kinoforum)
imprensa2@kinoforum.org
+ 55 11 3815.9307

Assessoria de Comunicação Kinoforum
Márcia Vaz
imprensa@kinoforum.org
+ 55 11 3031.5522 / 9252.3192

O credenciamento de imprensa deve ser feito pelo email imprensa2@kinoforum.org - Marcia Jansen

Seminário



Seminário de Comercialização de Conteúdos Audivisuais de Curta Duração
de 23 a 25 de agosto

> Entrar

KinoOikos

Confira as novas ferramentas e conteúdos da versão 2.0 do site KinoOikos e vote na mostra online!

> Sobre o Blog

Critica Curta

Visite o Blog do Kinoforum Crítica Curta 2010

> Sobre o Blog

Making Of

Confira as pílulas feitas pelos alunos de cinema da Faap

> Entrar

Videolibrary

Sua participação é muito importante para nós. Deixe aqui seus comentários sobre o festival, filmes, site...

> Comente

Deixe aqui seu
e-mail e receba nossas novidades