Por filmes No site

Edições Anteriores


  • 2010

  • Multiplicidades

    Tudo o que os sentidos humanos captam é matéria-prima para o audiovisual.Sonhos, realidade, lembranças, história, melodias, experiências, formas. E cada vez mais, as possibilidades que o curta-metragem oferece transgridem as limitações de gênero. Animações que contam histórias e recriam a História, experimentações sem diálogos, trilhas que encerram narrativas, suportes para artistas de diferentes áreas, como artes plásticas, videoarte, grafite e outras - não há mais rótulos para os filmes que se reinventam a cada instante. 

    Diante da oferta de obras cada vez mais inovadoras, abrimos espaço este ano para quatro programas que delineiam o que chamamos de multiplicidades do audiovisual. Abrimos a série com o "Arte na Tela", com obras de arte inscritas no Festival ao longo dos últimos anos. Muitos são inéditas no festival, já que ainda não tinham encontrado seu espaço. 

    Em seguida, uma amostra de recentes documentários feitos em animação, exemplo típico da interação entre as diversas linguagens possíveis, no programa Documentários Animados, e de filmes narrativos que prescindem de diálogos para contar histórias, em Imagens Narrativas. Fechando o bloco, selecionamos filmes brasileiros que retratam artistas e suas obras, no programa Retratos de Artistas, uma chance de estreitar o contato com outras vertentes do fazer artístico nacional.