Guia Kinoforum

Festivais Audiovisuais

Festivais

Exportar em PDF
  1. Mostra Pequi de Audiovisual

    O evento será realizado na cidade de Montes Claros/MG, constituindo-se numa atividade cultural gratuita e competitiva para os realizadores audiovisuais, com abrangência para a região norte mineira e o restante do país.

  2. Locais de RealizaçãoMontes Claros

    Datajunho de 2018 - a definir

    Categoriacompetitivo para curtas de até 20 minutos

    Inscriçõesaté maio de 2018 - a definir

    Contato:Mostra Pequi

     http://www.cinenacionalguerra.com.br/index.php/mpam-2016

  3. Edição Anterior

    Data de realização: 1 a 4 de junho de 2017

    Premiados: 
    Categoria Câmera de Celular

    Melhor Filme Câmera de Celular: FRIENDS – Larissa Nurya/Celular/5’/MG/Livre.

    Categoria Publicidade

    Melhor Videoclipe: QUANDO A LUTA É DURA – Diego Dutra/Videoclipe/6’55”/MG/Livre

    Categoria Cinema Nacional Independente

    Melhor Filme (ficção): ANTONINHA – Laércio Filho/Fic/20’/PB/14anos

    Melhor Filme (documentário): TOTÓ MELHOR QUE PELÉ – Fernando Ferric/Doc/18’/SP/Livre.

    Categoria Cinema Regional / Norte Mineiro

    Melhor Direção de Arte: UN NEFER – Diego Dutra/Fic/19’59”/MG/Livre.

    Melhor Desenho de Som: O FIASCO DA FALA – Ronaldo Goc/Fic/15’01”/MG/Livre.

    Melhor Canção Original: “TODA MULHER”, música de Bárbara Zidome, FILME ESTAÇÃO MONTES CLAROS, A Revolta do Pequi.

    Melhor Atriz Coadjuvante: JOVANNA MARQUES, FILME ESTAÇÃO MONTES CLAROS, A Revolta do Pequi.

    Melhor Ator Coadjuvante: JHON KENNEDYR, NO FILME O PÓ DE APOLO.

    Melhor Edição e Montagem: UN NEFER – Diego Dutra/Fic/19’59”/MG/Livre.

    Melhor Direção de Fotografia: ESTAÇÃO MONTES CLAROS, A Revolta do Pequi – Alexandre Naval/Fic/17’46”/MG/Livre.

    Melhor Atriz: ISABEL LÔPO, NO FILME ESTAÇÃO MONTES CLAROS, A Revolta do Pequi.

    Melhor Ator: VINNY PEREIRA, NO FILME O PÓ DE APOLO.

    Melhor Roteiro: O PÓ DE APOLO – Ronaldo Goc/Fic/20’/MG/Livre.

    Melhor Diretor (a): RONALDO GOC, NO FILME O FIASCO DA FALA.

    Melhor Filme Categoria Voto Popular: SAGRADOS E PROFANOS – Adilson Cardoso/Doc/20’/MG/Livre.

    Melhor Filme documentário: ATENEU 70 ANOS DE HISTÓRIA – Pedro Rodrigues/Doc/20’24”/MG/Livre.

    Melhor Filme ficção: O PÓ DE APOLO – Ronaldo Goc/Fic/20’/MG/Livre.

    MENÇÃO HONROSA:

    É a distinção conferida a uma obra ou uma pessoa não premiada, porém merecedora de citação.

    A Coordenação da Mostra Pequi de Audiovisual do Norte de Minas decidiu conceder menção honrosa as seguintes obras e artistas:

    Menção Honrosa na abordagem Temática Social: O OUTRO LADO DA HISTÓRIA – Lucas Ferrero e Damy Almeida/Fic/08’50”/MG/14anos.

    Menção Honrosa de Ator Coadjuvante: ALDO PEREIRA, NO FILME O FIASCO DA FALA.

    Menção Honrosa de Ator Coadjuvante: RUAN RODRIGUES, NO FILME UN NEFER.

    Menção Honrosa Filme Documentário: SAGRADOS E PROFANOS – Adilson Cardoso/Doc/20’/MG/Livre

    Menção Honrosa Roteiro Original: O OUTRO LADO DA HISTÓRIA – Lucas Ferrero e Damy Almeida/Fic/08’50”/MG/14anos.

    Menção Honrosa pela dedicação a Arte Cinematográfica local: FELIPE CORTEZ DA CIDADE DE TAIOBEIRAS, MG.

    HOMENAGEADO PELO CONJUNTO DA OBRA: OS ATORES FELISBERTO VELOSO E MARISTELA CARDOSO.