Guia Kinoforum

Festivais Audiovisuais

Notícias

  1. Festival de Clermont-Ferrand abre inscrições

    Estão abertas as inscrições para a 40º edição do Festival International Du Court Métrage à Clermont-Ferrand (França), um dos maiores festivais de curtas-metragens do mundo. O evento que acontece entre os dias 2 e 10 de fevereiro de 2018, aceita obras de todos os gêneros com até 40 minutos de duração, produzidas a partir de outubro de 2016. As inscrições vão até 10 de outubro de 2017.

    INSCRIÇÕES E PREMIAÇÕES
    Os filmes podem ser inscritos pela plataforma ShortFilmDepot. Os filmes brasileiros ainda podem participar da Competição Internacional e da Competição Lab, dedicadas à obras com caráter inovador e experimental selecionadas dentre os inscritos para a Competição Internacional.

    As produções participantes do festival concorrem a prêmios em dinheiro e ao troféu Vercingetorix nas categorias Grande Prêmio, Prêmio Especial do Júri e Prêmio da Audiência. O festival ainda pode, a critério da organização, conceder láureas adicionais.

    CATÁLOGO DE CURTAS-METRAGENS
    Todo filme inscrito pode ainda ser incluído gratuitamente no acervo do Marché Du Film, um catálogo voltado para o mercado audiovisual, que disponibiliza as obras em cabines da videoteca do evento.

    Serviço: 

    Festival International Du Court Métrage à Clermont-Ferrand

    Realização: 2 e 10 de fevereiro de 2018

    Inscrições: até 10 de outubro de 2017 no site: www.shortfilmdepot.com

    Mais informações: http://www.clermont-filmfest.com/

  2. Inscrições abertas para a Berlinale

    A organização do 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim (Berlinale), na Alemanha, anunciaram a abertura das inscrições para a próxima edição do evento, em 2018.

    Serão aceitas obras de curta e longa-metragem de todos dos gêneros cinematográficos, concluídas a partir de fevereiro de 2017.

    O prazo para envio de longas é 1o de novembro, e para curtas-metragens é 15 de novembro de 2017. As incrições devem ser feitas no site do Festival. É essencial ler o regulamento com atenção antes de realizar o registro.

    Em 2017, a Berlinale contou com um número recorde de produções brasileiras em suas diferentes mostras. No total, foram exibidos 12 obras entre curtas e longas.

    O 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim acontece de 15 a 25 de Fevereiro de 2018. 

  3. Inscrições abertas para a Berlinale

    A organização do 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim (Berlinale), na Alemanha, anunciaram a abertura das inscrições para a próxima edição do evento, em 2018.

    Serão aceitas obras de curta e longa-metragem de todos dos gêneros cinematográficos, concluídas a partir de fevereiro de 2017.

    O prazo para envio de longas é 1o de novembro, e para curtas-metragens é 15 de novembro de 2017. As incrições devem ser feitas no site do Festival. É essencial ler o regulamento com atenção antes de realizar o registro.

    Em 2017, a Berlinale contou com um número recorde de produções brasileiras em suas diferentes mostras. No total, foram exibidos 12 obras entre curtas e longas.

    O 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim acontece de 15 a 25 de Fevereiro de 2018. 

  4. Inscrições abertas para a Berlinale

    A organização do 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim (Berlinale), na Alemanha, anunciaram a abertura das inscrições para a próxima edição do evento, em 2018.

    Serão aceitas obras de curta e longa-metragem de todos dos gêneros cinematográficos, concluídas a partir de fevereiro de 2017.

    O prazo para envio de longas é 1o de novembro, e para curtas-metragens é 15 de novembro de 2017. As incrições devem ser feitas no site do Festival. É essencial ler o regulamento com atenção antes de realizar o registro.

    Em 2017, a Berlinale contou com um número recorde de produções brasileiras em suas diferentes mostras. No total, foram exibidos 12 obras entre curtas e longas.

    O 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim acontece de 15 a 25 de Fevereiro de 2018. 

  5. Inscrições abertas para a Berlinale

    A organização do 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim (Berlinale), na Alemanha, anunciaram a abertura das inscrições para a próxima edição do evento, em 2018.

    Serão aceitas obras de curta e longa-metragem de todos dos gêneros cinematográficos, concluídas a partir de fevereiro de 2017.

    O prazo para envio de longas é 1o de novembro, e para curtas-metragens é 15 de novembro de 2017. As incrições devem ser feitas no site do Festival. É essencial ler o regulamento com atenção antes de realizar o registro.

    Em 2017, a Berlinale contou com um número recorde de produções brasileiras em suas diferentes mostras. No total, foram exibidos 12 obras entre curtas e longas.

    O 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim acontece de 15 a 25 de Fevereiro de 2018. 

  6. Inscrições abertas para a Berlinale

    A organização do 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim (Berlinale), na Alemanha, anunciaram a abertura das inscrições para a próxima edição do evento, em 2018.

    Serão aceitas obras de curta e longa-metragem de todos dos gêneros cinematográficos, concluídas a partir de fevereiro de 2017.

    O prazo para envio de longas é 1o de novembro, e para curtas-metragens é 15 de novembro de 2017. As incrições devem ser feitas no site do Festival. É essencial ler o regulamento com atenção antes de realizar o registro.

    Em 2017, a Berlinale contou com um número recorde de produções brasileiras em suas diferentes mostras. No total, foram exibidos 12 obras entre curtas e longas.

    O 68o Festival Internacional de Cinema de Berlim acontece de 15 a 25 de Fevereiro de 2018. 

  7. Publicado o Anuário Estatístico do Cinema Brasileiro 2016

    O OCA - Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual publicou, no dia 28 de setembro de 2017, o Anuário Estatístico do Cinema Brasileiro 2016.

    Além da consolidação das informações de renda e público nas salas brasileiras no ano passado, a publicação apresenta dados exclusivos como o público dos filmes brasileiros no mercado internacional e a quantidade de títulos lançados por diretores estreantes no circuito comercial.

    Para conferir o anuário, clique
    aqui.

  8. Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo chega a sua 28ª edição

    Com o tema “Humor em tempos de cólera”, Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo chega a sua 28ª edição entre os dias 23 de agosto e 03 de setembro

     

    Gratuita e presente em diversas salas de cinema da capital, a programação traz mais de 350 filmes, incluindo títulos premiados nos mais importantes festivais do mundo

     

    Nas mostras especiais, uma homenagem ao cineasta francês Jacques Rivette, um programa que comemora a 70ª edição de Cannes, filmes que tratam de pessoas com deficiências e curtas dirigidos por mulheres negras

     

     

    O Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo chega a sua 28ª edição entre os dias 23 de agosto e 03 de setembro de 2017. Um dos cinco maiores do gênero em todo o mundo, o evento dirigido pela produtora cultural Zita Carvalhosa e organizado pela Associação Cultural Kinoforum, com patrocínio da Petrobras e da Sabesp, tem como tema neste ano Humor em tempos de cólera”.

     

    “Vivemos um momento em que o ódio impera nas relações, tirando nossa energia, alegria e capacidade de amar. Queremos trazer o humor de volta à vida das pessoas, para que elas possam conviver amigavelmente, mesmo que pensem de forma diferente. O humor, não apenas como um alívio cômico, mas uma ferramenta de reflexão e crítica, nos parece uma alternativa para quebrar esse gelo e essa polarização perversa”, afirma Zita Carvalhosa.

     

    A seleção dos filmes – que será divulgada em meados de julho – apresentará gratuitamente mais de 350 títulos, dos mais variados países, em diversas salas de cinema da capital: MIS, CineSesc, Cinemateca Brasileira, Espaço Itaú Augusta, Cinusp, CCSP e mais quatro salas do Circuito SP Cinema.

     

    Na Mostra Internacional estão curtas-metragens premiados nas últimas edições dos festivais mais importantes do mundo, como o chinês “Gentle Night”, de Qiu Yang, vencedor da Palma de Ouro em Cannes, e “Cidade Pequena”, do português Diogo Costa Amarante, que recebeu o Urso de Ouro em Berlim. Outro destaque é o francês “Deux Escargors s’en Vont”, de Jean-Pierre Jeunet, diretor do longa “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”.

     

    O colombiano “Damiana”, que circulou pelas principais mostras europeias, será exibido na Mostra Latino-americana, com a presença do seu diretor, Andrés Ramirez Pullido. Já nos Programas Brasileiros está “Nada”, do cineasta mineiro Gabriel Martins, que integrou a seleção da Quinzena dos Realizadores no Festival de Cannes deste ano.

     

    Entre as atrações dos Programas Especiais está uma homenagem ao cineasta francês Jacques Rivette, que faleceu em janeiro de 2016. Grande expoente da Nouvelle Vague, ele integrou o grupo de críticos da revista Cahiers du Cinéma, ao lado de François Truffaut, Jean-Luc Godard, Eric Rohmer e Claude Chabrol. Serão exibidos três títulos do autor, inéditos no Brasil, todos em preto e branco, 35mm e mudos. Produzidos entre 1949 e 1952, os curtas ficaram esquecidos durante quase sete décadas, sendo encontrados por sua viúva, Véronique, no apartamento do casal, no ano passado.

     

    Em comemoração a 70ª edição do Festival de Cannes, a mostra Cannes 70 reunirá curtas brasileiros selecionados para a competição oficial da premiação francesa ao longo de sua história. Já "Diferente como Todo Mundo" traz filmes escolhidos pelo Festival International du Film sur le Handicap, da França, a respeito de pessoas com deficiência e uma seleção brasileira, incluindo “Conferência”, dirigido por Ariel Goldenberg, protagonista do longa “Colegas”.

     

    Na Seção “Feminino Plural”, a Associação dxs Profissionais do Audiovisual Negro (APAN) comanda uma programação com obras dirigidas por mulheres negras.

     

        

    28º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS-METRAGENS DE SÃO PAULO

    Data:  23 de agosto a 03 de setembro de 2017 – Entrada gratuita

    Locais: MIS, CineSesc,  Cinemateca Brasileira, Espaço Itaú Augusta, Cinusp, CCSP  e Circuito SP Cine de Cinema.

    Informações: www.kinoforum.org/curtas / www.facebook.com/kinoforum 

  9. Festival MIMO de Cinema anuncia a abertura de inscrições para filmes que tenham a música como tema

    As inscrições abrem no dia 27 de junho pelo site www.mimofestival.com

    Com exibição e difusão de filmes onde a música é o fio condutor de sua narrativa, o Festival MIMO de Cinema, que faz parte do maior festival de música gratuito do Brasil, o MIMO Festival, anuncia a abertura das inscrições para quem pretende ter sua obra exibida na programação deste ano. A partir do dia 27 de junho, até o dia 04 de agosto, será possível se inscrever pelo site www.mimofestival.com 

    Importante janela de exibição da produção cinematográfica brasileira sobre música, o festival apresenta títulos brasileiros inéditos que ainda não ocuparam o circuito comercial. Para a inscrição, é fundamental que os filmes tenham a música, seus personagens e suas histórias como tema e que sejam produções recentes. Os filmes são projetados em salas de cinema, tendas, centros culturais e ao ar livre nos pátios de igrejas históricas. Muitas vezes o público pode apreciar a história de um artista na tela e se deliciar ao ouvi-lo na programação de concertos que acontece simultaneamente.

    O Festival MIMO de Cinema é dirigido pela cineasta Rejane Zilles e desde a sua primeira edição em 2004, já exibiu 215 filmes onde a música é protagonista. Com formato ímpar, conquistou plateia cativa e exibe obras nos gêneros de documentário, ficção ou animação, nos formatos curta, média e longa-metragem.

    Idealizado em 2004 pela produtora Lu Araújo, que assina a curadoria artística e a direção geral, o MIMO passou a ter como sócio o empresário Luiz Calainho em 2013. A partir de 2015, mais uma empresa se associou ao festival, a Musickeria, de Calainho, Flávio Pinheiro, Afonso Carvalho e Marcelo Megale. No Brasil, o MIMO Festival 2017 é apresentando pelo Ministério da Cultura e pelo Bradesco, com patrocínio da Hero – Serviço de Segurança Digital promovido pela FS, além de contar com a Azul Linhas Aéreas como companhia Aérea Oficial.

    Nesta edição, o Festival MIMO de Cinema acontece nas cidades de Paraty/RJ (6 a 8 de outubro), Rio de Janeiro/RJ (10 a 12 de novembro) e Olinda /PE (17 a 19 de novembro). Os filmes serão projetados em telões ao ar livre nos pátios das Igrejas, no Mercado da Ribeira (Olinda) e na Casa de Cultura (Paraty). No Rio de Janeiro, o festival é concentrado no Cinema ODEON.  A programação é toda gratuita. O regulamento e a ficha de  inscrição estão disponíveis no site  do festival (www.mimofestival.com).

    Sobre o MIMO Festival:

    Realizado anualmente desde 2004, o MIMO Festival sempre esteve intrinsecamente associado ao patrimônio, à cultura e à educação. Todas as atividades são oferecidas gratuitamente ao público e acontecem em cidades com forte valor histórico e reconhecidas mundialmente pela preservação de seus patrimônios culturais. Todas as atividades do MIMO são oferecidas gratuitamente ao público. Sua extensa programação, dedicada à música instrumental, erudita e popular, reúne concertos de nomes consagrados e novas tendências do Brasil e do exterior.

    O festival ocupa, com excelência, espaços representativos dos locais onde se realiza, como igrejas, museus e parques. As atividades promovem a reflexão sobre a diversidade da produção artística local e dos diferentes panoramas mundiais, atendendo a vários públicos durante a sua realização. Em 2016, o MIMO concretizou seu processo de expansão internacional, chegando à Europa. Portugal foi escolhido pelas afinidades com o Brasil e o perfil do festival. Amarante, uma bela cidade da Região Norte do país, berço de ilustres nomes da cultura portuguesa e com construções que respiram história, recebeu a primeira edição do festival em terra estrangeira, reunindo 24 mil espectadores e apresentando atrações de luxo, como Pat Metheny & Ron Carter, Tom Zé e Vieux Farka Touré. A imprensa internacional cobriu amplamente este lindíssimo evento brasileiro.

    Simultaneamente aos concertos históricos, o Festival MIMO de Cinema exibe produções inéditas, que têm a música como tema. Filmes como “Chico Sciense, Caranguejo Elétrico”, “Waiting for B”, “Xingu, Cariri, Caruaru Carioca”, ‘Eu sou Carlos Imperial’ passaram pelas telas do festival nas ultimas edições do Brasil e Portugal.

    O MIMO Festival realizou ainda workshops, a Etapa Educativa e a Chuva de Poesia nas principais cidades. Os números da edição 2016 mostram a vocação do evento itinerante em levar música de qualidade por onde passa: foram 68 concertos e 42 filmes exibidos só neste ano, no Brasil e em Portugal.

  10. 17ª Goiânia Mostra Curtas abre inscrições para filmes de curta-metragem

    Icumam abre inscrições gratuitas para a 17a Goiânia Mostra Curtas a partir de 24 de maio até o dia 27 de julho. Trata se de um dos mais expressivos festivais brasileiros de filmes de curta-metragem, o evento está programado entre 3 e 8 de outubro de 2017, no Teatro Goiânia, em Goiânia-GO.

    Com uma programação totalmente gratuita, o festival é constituído por seis mostras, oficinas, seminários, debates, encontros, lançamento literário e exibições em praça pública. Em dezesseis anos de existência, mais de 1.600 filmes já foram exibidos, para cerca de 240 mil espectadores, envolvendo uma equipe de quase 1.900 profissionais e conquistando uma média de 979 parcerias.


    De acordo com o regulamento 
    da edição, a Goiânia Mostra Curtas receberá inscrições de produções de até 25 minutos, realizadas em 2016 e 2017. Acolhedor da diversidade de formatos e gêneros, o festival vai programar curtas de ficção, documentário, experimental e animação, que possuam cópia em formato digital.

    Para mais informações, acesse o site do 
    Goiânia Mostra Curtas.